DESTAQUES

Gerônimo retorna à Escadaria do Passo em prol do Rio Grande do Sul

Na terça-feira da semana que vem, 28 de maio, a partir das 19h, a Escadaria do Passo, no bairro Santo Antônio Além do Carmo, receberá uma edição especial do icônico show de Gerônimo Santana e sua banda, Mont Serrat.

O evento terá uma causa nobre: arrecadar donativos para as vítimas da recente tragédia no Rio Grande do Sul. Será um encontro único na escadaria mais emblemática da Bahia, transformada por Gerônimo em um palco para shows no seu lendário projeto “O Pagador de Promessas”. O espetáculo tem acesso gratuito, como sempre foi, desde que Gerônimo iniciou o projeto no local há quase vinte anos.

Nesta edição especial, Gerônimo convida o público a ajudar as vítimas da tragédia no Rio Grande do Sul. “Muitas pessoas perderam tudo e estão precisando de nossa solidariedade. Pedimos ao nosso público que traga para a doação alimentos não perecíveis e produtos de higiene pessoal”, pede o cantor.

Cultura e união

Gerônimo Santana destaca a importância deste momento de união: “A Escadaria do Passo sempre foi um ponto de encontro para celebrarmos a nossa cultura. Conto com a presença de todos para fazermos dessa noite um verdadeiro ato de solidariedade. Ninguém solta a mão de ninguém”.

A Codesal (Defesa Civil de Salvador) ficará responsável pela logística de encaminhamento dos donativos.

A Escadaria do Passo é parte do conjunto arquitetônico da Igreja de Nossa Senhora do Passo. Gerônimo foi responsável pela iniciativa de popularizar o local como um espaço público para shows e diversas celebrações culturais.

Os shows do cantor e compositor na Escadaria são uma das manifestações culturais mais notáveis que ocorrem na Bahia.

Além de sua trajetória como músico e compositor com mais de 20 discos gravados, Gerônimo Santana é reconhecido por sua versatilidade artística, atuando também como maestro e bailarino afro. Suas composições marcantes, como “É D’Oxum”, “Eu Sou Negão” e “Acorda Cidade (Já é Carnaval, Cidade)”, tornaram-se verdadeiros hinos da música baiana.

A Banda Mont Serrat, criada por Gerônimo Santana, é uma peça fundamental na sonoridade única dos seus shows. Essa verdadeira orquestra, composta por músicos e maestros experientes, enriquece a experiência musical de forma inconfundível.

Com mais de 50 anos de carreira, Gerônimo Santana não é apenas um artista, mas uma instituição na música baiana. Sua contribuição para a cena cultural de Salvador vai além da música, dinamizando o centro histórico da cidade.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo